shapes_marr_1.png

Iniciativa, que será lançada no dia 15 de julho, reúne empresas para discutir e encaminhar soluções referentes às questões geracionais no mundo do trabalho

O Fórum Gerações e Futuro do Trabalho pretende dialogar sobre as sinergias e os conflitos geracionais no meio empresarial, além de ser um espaço de reflexão sobre o futuro do trabalho. Trata-se da primeira iniciativa brasileira voltada à discussão e encaminhamento de soluções referentes às questões geracionais no ambiente organizacional.


O tema se mostra cada dia mais relevante, considerando aspectos tão amplos quanto a chegada da novíssima Geração Z ao mercado de trabalho até o aumento da expectativa de vida da população brasileira. Com o fim do bônus demográfico, discutir as questões geracionais e relacionadas ao futuro do trabalho torna-se urgente.


Segundo dados do IBGE, o desemprego entre os jovens de 18 a 24 anos é quase o dobro da média da população. Enquanto a taxa geral ficou em 12,3%, esse percentual salta para 23,8% entre os jovens. Concomitantemente, o número de domicílios chefiados por pessoas idosas cresce, grande parte em função do desemprego e do aumento da informalidade. Além de questões estruturais, o Fórum visa refletir sobre como a diversidade geracional pode ser, também, um diferencial competitivo para as corporações.


“O cenário atual traz desafios adicionais para jovens e profissionais seniores. Questões como o desemprego, a informalidade e o sub-emprego atingem pessoas de diferentes faixas etárias de formas muito específicas. Junte-se a isso o processo de transformação digital, que suprime empregos justamente dos públicos mais vulneráveis”, comenta Ricardo Sales, diretor-executivo do Fórum Gerações e Futuro do Trabalho.


A iniciativa, inédita no país, pretende se constituir num espaço de reflexão, geração de conhecimento e proposição de soluções sobre seus temas de interesse, que crescem em relevância no meio empresarial brasileiro. A pandemia de Covid-19, por exemplo, expôs a importância de discutir novos formatos de trabalho, além de incentivar o debate sobre as condições do trabalho e qualidade de vida.


O Fórum Gerações e Futuro do Trabalho conta com o patrocínio do Itaú, Chubb, EDP, Grupo Boticário e PwC e com a secretaria-executiva da Mais Diversidade. As empresas patronas compõem um Comitê Gestor que, anualmente, define a estratégia e as prioridades de atuação do Fórum. Novas organizações podem se juntar como apoiadoras a qualquer tempo.


O lançamento da iniciativa será no próximo dia 15 de julho, em evento virtual, com transmissão ao vivo pelo canal da Mais Diversidade no YouTube. Estarão presentes Leila Melo, diretora-executiva do Itaú; Artur Grynbaum, presidente do Grupo Boticário; Miguel Setas, presidente da EDP Brasil; Antonio Trindade, presidente da Chubb; Leandro Camilo, sócio da PwC Brasil, além do secretário executivo do Fórum, Ricardo Sales.


Nos próximos meses, o Fórum divulgará sua agenda de compromissos, com temas prioritário e que serão foco de atuação das empresas signatárias.

shapes_marr_2.png